Querido Ariano Suassuna




Hoje eu quero fazer uma homenagem ao meu querido Ariano Suassuna, completou ontem dia 16 de junho, 85 anos de pura riqueza literária. Defensor da cultura do Nordeste, advogado, professor, dramaturgo, romancista e poeta, ele nasceu na Paraíba, viveu no Sítio Acahuan, no sertão do estado da Paraíba e se tornou pernambucano de alma, corpo, coração e talento!

Teatrólogo e romancista nasceu a 16 de junho de 1927, na cidade da Paraíba, atual João Pessoa, capital da Paraíba Em 1942, Ariano muda-se para o Recife. Na capital pernambucana, conclui o curso ginasial (Colégio Americano Batista) e o colegial (Ginásio Pernambucano e Colégio Oswaldo Cruz).

Em 1950, forma-se em Direito e, em 1960, em Filosofia. Tendo iniciado a carreira literária aos 16 anos, escrevendo poesias, aos 20 publicou sua primeira peça teatral, "Uma Mulher Vestida de Sol". Entre suas obras de maior sucesso estão "O Auto da Compadecida" (1955) e a “Pedra do Reino” (1971).

Fundador do Teatro Popular do Nordeste e do Movimento de Cultura Popular, além de idealizador do Movimento Armorial, exerceu, entre outros cargos públicos, o de secretário de Cultura de Pernambuco, durante o terceiro governo de Miguel Arraes (1995/98) e durante o mandato anterior de Eduardo Campos.

 Em 1930, viveu um dos momentos mais complicados de sua vida com o assassinato de seu pai por motivos políticos, durante a revolução de 1930, o que obrigou a sua mãe, a levar toda família a morar em Pernambuco.

Para fugir das represálias dos grupos políticos opositores ao seu falecido pai, viveu peregrinando de cidade em cidade.

Em 1942, Ariano Suassuna muda-se para Recife. Estreou seus dons literários precocemente no dia 7 de outubro de 1945, quando o seu poema Noturno foi publicado em destaque no jornal do comercio no recife.

Algumas obras:

  •   Uma mulher vestida de Sol, (1947);
  •   Cantam as harpas de Sião ou O desertor de Princesa, (1948);
  •   Os homens de barro, (1949);
  •   Auto de João da Cruz, (1950);
  •   Torturas de um coração, (1951);
  •   O arco desolado, (1952);
  •   O castigo da soberba, (1953);
  •   O Rico Avarento, (1954);
  •   Auto da Compadecida, (1955);
  •   O casamento suspeitoso, (1957);
  •   O santo e a porca, (1957);
  •   O homem da vaca e o poder da fortuna, (1958);
  •   A pena e a lei, (1959);
  •   Farsa da boa preguiça, (1960);
  •   A Caseira e a Catarina, (1962);
  •   As conchambranças de Quaderna, (1987);
  •   Fernando e Isaura, (1956)"inédito até 1994".

Romance

  •  A História de amor de Fernando e Isaura, (1956);
  •  O Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta, (1971);
  •  História d'O Rei Degolado nas caatingas do sertão /Ao sol da Onça Caetana, (1976)

Poesia

  •   O pasto incendiado, (1945-1970);
  •   Ode, (1955);
  •   Sonetos com mote alheio, (1980);
  •   Sonetos de Albano Cervonegro, (1985);
  •   Poemas (antologia), (1999).

 Ariano juntou um grupo de pensadores e amantes da cultura regional nordestina e criou o movimento Armorial, pretendendo manter a cultura popular nordestina sempre acesa e disponível para as próximas gerações.

O movimento Armorial é mais que um movimento intelectual, é uma prova de amor de Ariano ao Nordeste Brasileiro. Amor demonstrado em cada palavra de seus livros e poesias desse grande escritor brasileiro.

Voltando aos dotes literários, Ariano foi indicado esse ano para representar o Brasil no Nobel de Literatura, título que o Brasil ainda não tem (e que, certamente, é mais importante que uma medalha olímpica no futebol).

Quem acha que não conhece sua obra, lembre-se de o Auto da Compadecida, grande e divertido filme brasileiro que contava as aventuras de João Grilo e Chicó.

Essa é uma pequena homenagem a esse grande Brasileiro, Paraibano de nascimento, Pernambucano por adoção e Nordestino de coração!




Fonte: Imagens e partes do conteúdo retirada da internet.

10 comentários:

  1. Um dos maiores escritores não só de Pernambuco, mas do Brasil! Feliz aniversário pra ele, né?
    Beijinhos

    www.hiperbolismos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que bela homenagem a este grande homem!!!!
    Lindo post.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Shirley, querida!
    Tudo bem?
    Adorei esse post!
    Ariano Suassuna é um gênio! Já li uma porção de coisas dele e é inegável sua sabedoria e qualidades técnicas de escrita que o distingue. A tua postagem está muito boa, pois você colocou a essência dele, citou as obras, os pensamentos.
    Ficou de muito bom gosto!

    Beijos e ótima semana :)

    ResponderExcluir
  4. vim agradecer a visita é MARAVILHOSO te ver no meu cantinho.
    Obrigada pela visita e pelo carinho. Apareça sempre, será muito bem vinda.
    Parabéns pelo blog! cheio de projetos lindos!!!!
    Um abraço!
    Cigana Raicha

    http://Ciganaluminosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Muito sábio, Ariano Suassuna, merecido post!
    Minha flor, tem selinho para vc em mu blog,
    bjoks
    http://deliciosailusao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde, Shirley.
    Ainda não li nada dese grande autor e incrível ser humano que é Ariano Suassuna, infelizmente.
    Ele é o tipo de pessoa que faz falta no mundo apressado de hoje.
    Abraço e uma ótima semana pra ti, Shirley.

    ResponderExcluir
  7. Adoramos o seu post,maravilhoso.
    Desejamos a vc uma ótima semana
    Super beijos da Glorinha
    http://sbrincos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Será que é começando tão cedo que se vai longe? Como ele começou cedo!
    Adorei a visita, como vão as coisas? Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Adoro o seu post,maravilhoso,estou sempre por aqui conferindo todas as novidades.
    Super beijos da Cigana Raicha
    http://ciganaluminosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Passando para deixar um abraço
    Carinhoso!
    Espero te ver mais vezes no blog pq eu não saio mais daqui rs!
    bjinhossssss!!!!!!!!!!
    Cigana Raicha
    http://ciganaluminosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Queridos, deixem os seus comentários depois de aprovados serão publicados. Se quiserem deixem o link do seu blog.Beijos e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre mim!

Shirley
Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, Depende de quando e como você me vê passar.
Visualizar meu perfil completo

Link-me!


Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

Passaram por aqui:

Seja um seguidor

Seguir pelas redes

Blogs de amigos

Vejo por aí

Agregadores!

Colmeia: O melhor dos blogs

LinkLog

Diretório de Blogs

Assine você também!

Não Foi Acidente