Distúrbios alimentares

Olá queridos!

Eu sei que todos estão cansados ler e ouvir sobre anorexia, mas continuamos perdendo os jovens para esse distúrbio alimentar. Infelizmente, mais uma jovem morreu por conta deste distúrbio, com apenas 17 anos e pesando 25 quilos, Charlotte Seddon estava internada em uma clinica para distúrbios alimentares desde 2011 e dois dias após receber alta, veio a óbito.


Mas o que é Anorexia?

A anorexia não é uma mania, nem um comportamento: é uma doença.

É uma disfunção alimentar, caracterizada por uma rígida e insuficiente dieta alimentar (caracterizando em baixo peso corporal) e estresse físico.

Anorexia envolve os componentes psicológicos, fisiológicos e sociais.

A anorexia nervosa já era um transtorno conhecido em épocas antigas. Durante a Idade Média, as praticas de jejum foram compreendidas como estado de possessão demoníaca ou milagres divinos.
Pesquisadores afirmam que a mais famosa anoréxica da história é Santa Caterina de Siena (1347), que aos sete anos começou a recusar os alimentos, e na adolescência só se alimentava de pão e ervas.

O paciente com anorexia se destaca pelo seu baixo peso e não considera seu comportamento errado, sempre recusando a ir ao especialista ou fazer o tratamento. Como não se considera doente é capaz de falar desembaraçadamente e convictamente para os amigos e familiares que deve perder peso apesar de sua magreza.

A anorexia é dividida em:


  • Tipo Restrito: faz dieta rigorosa, jejum e excesso de exercícios físicos.

  • Tipo Ingesta Compulsiva/Purgativo: Apresenta crises de bulimia regulares ou purgativa, usam métodos purgativos como vômitos, laxantes, diuréticos, pílula para emagrecer.


Os sintomas mais comuns são:

Peso corporal em 85% ou menos do nível normal;
Prática excessiva de atividades físicas (os anoréxicos veem peso onde não existe);
Amenorreia ( ausência da menstruação);
Descalcificação dos dentes, carie dentaria por conta do ato de purgação;
Depressão profunda;

As causas da anorexia

Diversos fatores favorecem o aparecimento da doença: predisposição genética, o conceito atual de moda que determina a magreza absoluta como símbolo de beleza e elegância, a pressão da família e do grupo social e a existência de alterações neuroquímicas cerebrais, especialmente nas concentrações de serotonina e noradrenalina.

     Foto de uma campanha americana.
(Fonte: Internet)

As complicações relacionadas com a perca de peso:


  • Caquexia/desnutrição: perda de tecido adiposo, de massa muscular, fraqueza, fadiga.
  • Cardiovasculares: Perda de músculos cardíacos, bradicardia (diminuição da frequência cardíaca), arritmias.
  • Gastrointestinais: dor abdominal, obstipação.

Entre outros.

Tratamento.
O principal objetivo do tratamento é a recuperação do peso através de uma reeducação alimentar e apoio psicológico.

O tratamento é feito com ajuda médica, psicológica, psiquiátrica e nutricionista. Através de Psicoterapia, reabilitação nutricional e tratamento farmacológico e em alguns casos o internamento.

 Como podemos ajudar no combate?
Diminuir a pressão cultural e familiar em relação a valorização de aspecto físico, forma corporal e beleza.
É fundamental fornecer informações a respeitos dos riscos dos regimes rigorosos para obtenção de uma silhueta “ideal”, pois eles tem um papel decisivo no desencadeamento dos transtornos alimentares.

Pais deem mais atenção aos seus filhos, observem qualquer mudança no comportamento. Observem seus amigos, não tenha medo nem vergonha de falar e conversar sobre este assunto.

A anorexia não acontece apenas em mulheres, homens também têm chances de desenvolver.

Um modelo que também teve anorexia.
(Fonte: internet)

Jovens ame seu corpo, seja do jeito que for ame. Não importa se você esta uns quilinhos a mais, o que importa é sua saúde e sua vida.


Beijinhos


5 comentários:

  1. Anorexia é uma doença séria que precisa de tratamento, pena que as pessoas n levam a sério :/

    www.hiperbolismos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus! Que triste isso, né?
    Mas é verdade, é uma doença grave e que ainda não é levada tão a sério pela maioria da massa.
    Precisamos conscientizar aqueles ao nosso redor, pelo menos assim fazemos nossa parte para combater esse mal.
    Ainda bem que as modelos de hoje não estão mais tããão esqueléticas como antes, mas sabemos que a anorexia está por ali ainda.

    Beijooooooooooooo!

    ResponderExcluir
  3. Ola!!Excelente conteúdo,infelizmente essa doenã cega as pessoas.
    Peço um favor,quando puder,passe no meu Blog e entre nos Links que estou disponibilizando!
    Eu testei todos eles e realmente não é CALOTE E NEM FRAUDE.
    Achei o método melhor do que aqueles que prometem mundos e fundos se você adquirir algum produto e revender,portanto a decisão final fica com você!Se puder acessar e se gostar se cadastre.Desde Já Agradeço.
    http://ganheclicandonanet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Shirley,

    Tudo bem? Embora esse tema seja já conhecido, penso que é importante sempre a abordagem porque nem sempre se percebe os seus sintomas. Excelente texto!

    Beijos.

    Lu

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post

    Seguindo
    Segue lá

    http://luxury-makeup.blogspot.com/

    Sucesso!

    ResponderExcluir

Queridos, deixem os seus comentários depois de aprovados serão publicados. Se quiserem deixem o link do seu blog.Beijos e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre mim!

Shirley
Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, Depende de quando e como você me vê passar.
Visualizar meu perfil completo

Link-me!


Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

Passaram por aqui:

Pesquisar

Carregando...

Seja um seguidor

Seguir pelas redes

Blogs de amigos

Vejo por aí

Agregadores!

Colmeia: O melhor dos blogs

LinkLog

Diretório de Blogs

Assine você também!

Não Foi Acidente