E se... A internet acabasse?




E se... A internet acabasse como seria?
Bom, esta é uma pergunta que não quer calar. 
Como séria a sua vida sem internet?
E os bancos?
As lojas?
As redes sociais?
Jogos online?
Para a grande maioria das pessoas seria um caos. Alguns iriam precisar de clinicas de reabilitações. É gente, as clínicas iriam ganhar muito dinheiro com os viciados em net.

As crianças iriam voltar a brincar na rua ou iriam enlouquecer rapidinho? Uma coisa é certa, os pais iriam ter mais trabalho para cuidar deles e as ruas iriam parecer uma creche de tanta criança.
As locadoras de dvd iriam voltar com tudo, filmes para assistir? Só locando ou indo para o cinema, imagino que, para não ficarem no tédio, as pessoas iriam competir para locar os melhores filmes. E as filas dos cinemas? Ah, essas iriam dá voltas principalmente em estreias ou, maravilha, naquele velho cineminha.

E os bancos? Como já é de costume ter uma fila enorme esperando. Imagine essa fila aumentando, com o fim do internet banking. A gente iria ter que enfrentar algumas horas para fazer pagamentos, sacar dinheiro, etc...

As lojas iriam voltar com tudo, não só em produtos, como para chamar mais atenção e atrair mais vendas. O telemarketing iria crescer sem limites! Imagine: “Senhor, o senhor gostaria de estar comprando nesse minuto um produto que eu vou estar lhe mostrando?”

E os jogos online? Ia ter gente que iria enlouquecer sem jogos online...

Ixi, já as redes sociais essas sim iam causar um caos enormes. Os donos delas realmente iriam perder muito dinheiro, mas acredito que com o passar do tempo às pessoas iriam se adaptar. Tudo bem que seriam necessárias algumas clinicas de reabilitação, muitas criadas as pressas para socorrer os que dependem do facebook, do twitter, do msn e outras e outras.

Saber das notícias? Só na televisão. Com certeza as emissoras iriam entrar na maior disputa para ver que iria dá a noticia mais rápido. Os jornais, CDs e DVDs iriam aumentar bastante às vendas e as livrarias voltariam a lucrar bastante.

Agora imagina como seria declarar imposto de renda? Esse realmente iria ser o maior problema da população, pois com o prazo e as filas muitas pessoas iriam reclamar.
Enfim, iríamos ter uma vida quase normal. Alguns contatos iríamos manter com alguns amigos que moram longe via carta. O movimento dos correios iria aumentar, mas não tem desculpa para não manter contato.
E aí? Que tal uma vida sem a era digital?

Hoje fiz essa pergunta e uma grande amiga me respondeu:
“Uma parte iria cometer o suicídio e a outra teria que ir para uma clinica de reabilitação para viciados em redes sociais.” Angélica 

Beijinhos!


15 comentários:

  1. Oi Shirley,

    Tudo bem? Tenho 40 anos e vivi metade da minha vida sem internet, telefone celular ou email. Naquele período, outros interesses disputavam e os encontros entre amigos não ocorria no face, mas na saudade um ia na casa do outro. Acho que sempre existe a adaptação do ser humano a qualquer situação, afinal somos animais. Logo, outros interesses surgiriam. Todavia, espero continuar tudo como está, risos.

    Parabéns pelo texto!

    Beijos.

    lu

    ResponderExcluir
  2. Olá,Shirley!!
    Amei vc ter vindo conhecer meu blog!!!
    Estou te seguindo.Te aguardo,ok???
    Não é minha mãe!!!!Eu é que farei uma cirurgia amanhã!!!
    Bjs no core.Soninha.

    ResponderExcluir
  3. Seria o fim....kkkkkk
    Sou Blogueira unida tb e já fiquei por aqui
    http://meninamulhercomglitter.blogspot.com
    Bjins,

    ResponderExcluir
  4. Adorei a matéria...
    estou invadindo o seu blog para te fazer um convite,
    Gostaria de te convidar a responder uma pesquisa, sou fã do seu blog e quero criar uma página em meu blog com todos os blogs interessantes que eu sigo para outras pessoas que talvez não conheçam seu blog possam ter um resuminho e acessar o seu link.
    Prometo que será bem rapidinho ^^

    O link do questionário:

    http://algeriaebrasil.blogspot.com.br/2012/06/pesquisa.html

    e se você que está vendo esta postagem pode responder também se quiser...

    Muito obrigada!
    Carolina Fonseca

    ResponderExcluir
  5. Ficar sem internet com certeza dificultaria bastante as coisas, seria um retrocesso e tanto, muita gente ia pirar. Mas também teria seu lado bom vai, principalmente para as crianças que deixariam o mundo virtual de lado e poderiam brincar de comidinha, casinha, faz de conta, corda, boneca... Todas essas coisas que tornaram nossa infância tão maravilhosa \0
    --Seguindo aki, de verdade amei teu blog!
    Se puder visita oi meu ;)
    http://itygirl.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, Shirley.
    Também cresci sem computadores e não vejo a internet como indispensável, ela é necessária, sim, mas fazer como muita gente faz de passar o dia inteiro nela aí já é exagero.
    O que acontece é que, conforme a tecnologia avança, novas necessidades são criadas; saber usá-las com sabedoria é o que faz a diferença.
    Obrigado por seguir-me, estou fazendo o mesmo.
    Abraço e um bom domingo pra ti, Shirley.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, não dá pra imaginar a vida sem internet, não mesmo! Tem uma teoria que diz que daqui a não muito tempo vai acontecer uma "tempestade" na terra em que todos os aparelhos eletrônicos vão parar de funcionar... será mesmo? Que medo!
    Beijinhos

    www.hiperbolismos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu iria para um centro de reabilitação para ex-usuários de internet compulsivos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Mulher, nem brinca com uma coisa dessas. Só de parar pra imaginar o mundo sem internet, eu piro demais. Não não não!

    Beijão!!
    vejoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Shirley
    Muito bom seu post, é um ótimo dilema, é claro que isso é muito improvável acontecer, eu cresci sem internet numa boa, vejo que meu filho de cinco anos já vê os vídeos favoritos no youtube, e nós mesmos já estamos muito mal acostumados com tudo isso que vc falou acima, a internet facilita a nossa vida, precisamos nos policiar para não viciar.
    Bjão e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  10. Oi Shirlei!

    Sou a Ma Boazinha que a Joyce falou..rs

    Vi la em seu cometário que vc gosta de ceramica!
    Vc é de SP?
    Tem bons cursos de ceramica por aqui!

    Em relaçao a tua postagem..acho que sabendo usar não vai faltar..e usar com moderação.

    Muitas vezes as pessoas deixam o convivio social para ficar hs e hs na internet. Os adolescentes então...

    Um beijo....bom fds! Te convido a conhecer o meu trabalho. Bora?

    bjs e bom fds!!

    ResponderExcluir
  11. Agora li teu perfil...sou atrapalhada, faço as coisas do final para o começo..
    Vi que voce é de Recife. Mas vindo a SP fica o convite para conhecer o pessoal que trabalha com a ceramica.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá Shirley!
    Só passei para retribuir a visita em meu blog! (:
    www.conviccoesemextase.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá vim visitar seu blog! Achei lindo! Estou seguindo seu blog e convido você a conhecer o meu.
    Ficarei feliz se quiser seguir o meu blog também!
    Meu blog é esse: http://amorporamigurumis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Estaria um pouco mais magra kkkkkkkkk
    Passando para deixar um abraço
    Carinhoso!!!! murri shukar - minha linda

    Optchá
    Cigana Raicha

    ResponderExcluir
  15. Apesar da improbabilidade, é bom parar pra pensar nessas coisas, nem que seja pra avaliar qual tem sido nosso nível de envolvimento, se de modo saudável ou beirando a reabilitação.

    Acredito que teríamos muitos benefícios, como a volta do contato olho no olho, as brincadeiras saudáveis de crianças, a ritmo um tanto desacelerado quanto a quantidade de informações e atualizações a que somos submetidos segundo após segundo.

    Mas há uma série de benefícios e possibilidades que fora ela não alcançaríamos. Uma necessidade e facilidade que nós, os tais "filhos da internet", nos acostumamos e seria extremamente difícil aprender a viver sem.

    Abraços,
    Thamy
    Blog | Twitter

    ResponderExcluir

Queridos, deixem os seus comentários depois de aprovados serão publicados. Se quiserem deixem o link do seu blog.Beijos e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre mim!

Shirley
Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, Depende de quando e como você me vê passar.
Visualizar meu perfil completo

Link-me!


Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

Passaram por aqui:

Pesquisar

Carregando...

Seja um seguidor

Seguir pelas redes

Blogs de amigos

Vejo por aí

Agregadores!

Colmeia: O melhor dos blogs

LinkLog

Diretório de Blogs

Assine você também!

Não Foi Acidente