Educação doméstica.



Olá queridos, 





Hoje em dia muitas perguntas são feitas e teorias criadas em relação à educação não secular. 
Vejo uma deterioração do comportamento das pessoas, não só dos adolescentes e crianças, mas, principalmente, dos adultos.  São vergonhosos certos comportamentos e atitudes dos adultos que nos faz pensar em quanto evoluirmos nos campos científicos e o quanto nossas sociedades estão "capengando" quando o assunto é educação social. Tenho um pensamento que as crianças copiam tudo que o adulto faz, as atitudes são o meio mais eficaz para se ensinar os caminhos. Se você tem um mau comportamento, a criança que assiste a esse comportamento, também irá copiar. Será ela culpada?

Os professores estão sofrendo em sala de aula com comportamentos inadequados, a população também sofre em outras áreas. Certa vez fui ao cinema e pra falar a verdade me arrependi bastante, quase saia na metade do filme porque três rapazes falavam muito, gritavam, assistiam vídeo no celular, escutavam música, enfim, foi um caos e eles eram adultos, não crianças.

Observo a educação que muitos pais dão aos filhos. Andando na rua é fácil de observar o comportamento das crianças. Crianças mimadas, que gritam com os pais, que não respeitam os adultos e muito menos as babás, que muitas vezes sofrem horrores. Onde esta a falha? A educação começa em casa. Na minha época, bastava um olhar da minha mãe e eu já sabia que não era para fazer certas coisas. Bater não resolve, mas ter autonomia e dialogo sim.

Minha mãe chegou recentemente em casa revoltada com o que tinha visto na rua, a falta de respeito da população com um trabalhador que já é vista com certa descriminação, mas que temos que agradecer muito a eles pelo que eles fazem: os garis, que surgiram para limpar as sujeiras naturais como folhas de árvores e não o que os mal-educados fazem. Mesmo na chuva eles estão trabalhando, retirando garrafas pets, plásticos e muitas outras coisas jogadas nas encostas de canais e por este comportamento de jogar “lixo” onde não devem e como uma forma de desculpa joga a culpa no poder público, será realmente culpa dele?

Fonte: imagem retirada da internet
Ou será dos pais? Da sociedade? E, pasmem, nossas. Sim, quando não nos indignamos com esses comportamento, somos tão mal-comportados quanto os que o fazem. Então, se indigne, escreve, fale, grite, aponte, coloque foto... Mas, mostre sua indignação. 
Beijinhos

9 comentários:

  1. Olá Shirley, boa tarde!

    Gostei demais do teu texto, primeiro, porque ele é muito bom, depois porque sendo jovem você escreveu com maturidade. Muito bom isso!

    Se os pais tivessem atingido uma fase melhor de amadurecimento , naturalmente conseguiriam , através do exemplo e de um trabalho de amor, auxiliar os filhos. Infelizmente, isso nem sempre acontece, e muitos ainda mergulhados no egoísmo e na ignorância, acabam por se omitir da educação dos filhos, e aí vemos o resultado do que tanto vemos na vida cotidiana. É bem certo aquele pensamento que diz: "cada um, dá o que tem"!

    Adorei a sua visita lá no SEMENTES PRECIOSAS, minha querida, volte sempre!

    Bjossss

    ResponderExcluir
  2. Olá!Boa noite!
    Tudo bem?
    ...numa sociedade complexa,em que vivemos, a educação social – além da escolar - é muito distante da vida. Com as mudanças tão profundas em todos os campos, a educação precisa ser muito mais criativa, diferente, envolvente...Todas as pessoas precisam ser educadas para aprender a conviver numa sociedade complexa, a respeitar as diferenças, a colaborar mais, a construir caminhos mais interessantes e produtivos. É uma tarefa de longo prazo e que exige o melhor de todos nós..."botar a boca no trombone", é só o início...mas não basta!
    Obrigado pelo carinho da visita!
    ah..tô levando o link me...ele estará na href http://felisjunior2.blogspot.com.br/
    Boa sexta feira!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. É um assunto bastante complexo. Acho que o falta mesmo é educação doméstica, muitas vezes os pais ficam muito tempo fora de casa porque trabalham muito e os filhos acabam aprendendo as coisas no meio da rua.
    Já botei seu banner lá, viu linda?
    Beijinhos

    www.hiperbolismos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!Bom dia!
    ...vc queria tirar alguma dúvida comigo?...
    no aguardo!
    Bom final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Shirley, tudo bem?
    Nós somos até amigas do face, estava na hora de vir aqui conhecer o teu espaço virtual e adorei!
    O texto está muito bem-escrito!
    Creio que educação começa em casa, na família mesmo e se estende para a escola, no convívio com os grupos de pessoas que vamos nos relacionar ao longo da vida, e isso definirá diversas ações e atitudes que tomaremos. O bom seria que todos tratassem os outros com respeito, mas infelizmente, parece que isso é utopia, não é mesmo?

    Te convido a conhecer o meu blog se quiser.

    Beijão e ótimo fim de semana :)

    ResponderExcluir
  6. Oi Shirley
    Mais um belo texto, concordo plenamente com vc, também sou da época em que minha mãe só olhava e eu já sabia o que ela estava dizendo. Os tempos mudaram, hoje o Fernando, meu filho de cinco anos pediu para entrar no site que ele viu em um salgadinho eu fiquei ?????. Mas tento ser bem rígida na educação tanto dele como do Daniel, que já tem onze está naquela fase crítica, pensa que sabe tudo (kkkkk), eles tem que saber quem é que manda, e são os pais, como diz o título do seu post "educação começa em casa".
    Bjão querida e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  7. O problema é utilizar a educação para alcançar sucesso. Se não há objetivo as pessoas esquecem a educação.Não só academica mas social...
    http://mardeletras2010.blogspot.com.br/2012/06/ad-aeternum.html

    ResponderExcluir
  8. Shirley...
    Você já está preparada para ter uma família.
    Beijos!
    Theka
    http://comigomesmasim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu como professora posso dizer, está assustador ver a falta de educação, de princípios básicos.. como estes rapazes dentro do cinema, que você citou. Para ter uma ideia, mesmo todo mundo dizendo que a educação vem de casa, nas escolas nós, professores, temos de utilizar parte do nosso tempo com as crianças para ensinar regras básicas de convivência que, convenhamos, deveriam ter sido ensinadas em casa. Não querendo me eximir da minha responsabilidade, porém escola e família precisam se completar, cooresponsabilizar, e não uma suprir as falhas da outra. Diálogo e cooperação sim, porém cada qual com suas atribuições.
    Na questão do lixo: eu sinceramente sinto certa vergonha, por passar tanto tempo ensinando, mostrando, conversando com as crianças sobre a importância do descarte correto dos rejeitos, lixo reciclável, e verificar que, mal termina a aula, encontra-se esse tipo de material no chão, nas ruas, calçadas... vergonha, pois parece que eu - nós, professores - não ensinamos nada! A sério...
    Formar autonomia não é deixar a vontade para fazer tudo o que quiser, sem se importar com os outros. Que tipo de pessoas estamos formando afinal?

    ResponderExcluir

Queridos, deixem os seus comentários depois de aprovados serão publicados. Se quiserem deixem o link do seu blog.Beijos e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre mim!

Shirley
Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, Depende de quando e como você me vê passar.
Visualizar meu perfil completo

Link-me!


Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

Passaram por aqui:

Pesquisar

Carregando...

Seja um seguidor

Seguir pelas redes

Blogs de amigos

Vejo por aí

Agregadores!

Colmeia: O melhor dos blogs

LinkLog

Diretório de Blogs

Assine você também!

Não Foi Acidente